Share |

Bloco reuniu com ACES Barcelos e Esposende

O Bloco de Esquerda reuniu no dia 27 de janeiro com o Agrupamento de Centros de Saúde (ACES) Cávado III, que dá resposta aos concelhos de Barcelos e Esposende.

 

Representado pelo deputado à Assembleia da República, José Maria Cardoso, bem como pelo dirigente local, José Figueiredo, o Bloco de Esquerda pretendeu melhor conhecer a realidade dos cuidados de saúde primários prestados à população nesta região, bem como aferir o que precisa ser intervencionado.

 

Este ACES é constituído por três Centros de Saúde (Barcelos, Barcelinhos e Esposende), que integram sete Unidades de Saúde Familiar (USF) modelo B, cinco USF modelo A e sete unidades de cuidados de saúde personalizados (UCSP). Estas unidades de saúde dão resposta a mais de 157 mil utentes; por curiosidade, refira-se que 29 utentes têm mais de 100 anos e 249 encontram-se na faixa etária entre os 95 e os 99 anos. 

 

Numa região densamente povoada mas com grandes lacunas do ponto de vista de transportes públicos, o acesso às unidades de saúde existentes é um dos problemas com que este ACES se depara. Acresce o facto de diversas unidades se encontrarem desajustadas para as necessidades atuais e a necessitar de intervenção, sendo de referir que a distribuição territorial das unidades de saúde não corresponde aos aglomerados populacionais. Também necessária é a contratação de 18 assistentes técnicos. Estes são temas que irão merecer a intervenção do Bloco na Assembleia da República, através de uma pergunta ao Governo. 

 

Nesta reunião, o diretor do ACES deu nota da pertinência de ser criada e implementada uma carta municipal de saúde para Barcelos e Esposende, preocupação que o Bloco acompanha e pela qual irá lutar.