Share |

BE Barcelos: Comunicado de Imprensa

Em conferência de imprensa realizada ontem, 2 de Julho, pelas 15.30h, na sua sede local, os deputados municipais do Bloco de Esquerda de Barcelos criticaram a forma tumultuosa como decorreram os trabalhos da última Assembleia Municipal, relembraram as questões que os seus deputados levantaram e dirigiram ao Presidente da Câmara e foram ignoradas no meio da confusão gerada no decorrer dos trabalhos.

Esta conferência de imprensa serviu também para apresentar a estratégia do partido para as próximas eleições autárquicas e, na presença do representante do Bloco de Esquerda na Assembleia de Freguesia de Alvito S. Pedro - Zacarias Leiras - fazer um ponto da situação da luta popular contra o encerramento da Extensão de Saúde daquela freguesia.

O deputado municipal Mário Costa começou por dizer que vem sendo prática do Presidente da Câmara, nas últimas Assembleias, introduzir um caso relativo à gestão PSD, à revelia da ordem de trabalhos e que acaba por perturbar o funcionamento da Assembleia. Relembrou, ainda, a falta de resposta ao requerimento feito pelo BE ao Presidente da Câmara sobre a posição deste relativamente à intenção do Governo em reter 5% das verbas do IMI.

A deputada municipal Rosa Viana lembrou o conteúdo da sua intervenção, com um conjunto de questões que vão agora ser endereçadas ao Presidente da Câmara, nomeadamente:

- A necessidade de se reforçar o apoio aos estudantes do Concelho, apoiando as famílias mais necessitadas na compra dos livros escolares, uma medida que o Bloco de Esquerda pensa deve ser estendida aos alunos de todo o ensino básico e secundário;

- A criação de condições para se fazerem troca de manuais, bem como outro material escolar, permitindo contribuir para a diminuição de despesas familiares no inicio de ano lectivo;

- A melhoria e fiscalização dos transportes escolares;

- A criação de cursos profissionais com uma vertente mais prática e de cariz social, nomeadamente através de protocolos com as instituições permitindo que os formandos executem uma prática profissional e social ao realizarem reparações de material que possa reverter para o uso de famílias economicamente carenciadas;

- A insistência na extinção das Empresas Municipais;

- A necessidade de retirar do abandono e criar plano de recuperação das ruínas do Castelo de Faria;

- A incerteza sobre o real estado do prédio Panorâmico;

- A dúvida sobre os estudos geológicos para o acesso ao IPCA;

- A incerteza quanto à conclusão das obras da Frente Ribeirinha, do Teatro Gil Vicente e do Museu do Rio;

- O critério quanto à atribuição de subsídios às Juntas de Freguesia tendo em conta a atribuição de 197 000€ à Junta de Freguesia de Paradela em detrimento de outras que pediram e não foram atendidas;

- As políticas de apoio aos mais idosos;

- O estado das sucatas que existem no território do Concelho.

De seguida, Mário Costa apresentou a estratégia do Bloco de Esquerda para os próximos tempos e que visa a preparação das eleições autárquicas. O partido iniciou uma série de iniciativas públicas e particulares, sectoriais, cujo fim último é reunir contributos para o seu programa eleitoral.

Estes contactos iniciaram-se pela área da agricultura e estender-se-ão, à educação, saúde, apoio social, desemprego, indústria, juventude, cultura, turismo e artesanato.

Foi também adiantado que o Bloco de Esquerda irá reunir a sua Convenção em Novembro próximo, dias 11 e 12, e que será nessa altura que se definirá mais em concreto a política do BE para as autárquicas.

José Maria Cardoso, deputado municipal, manifestou total solidariedade com as populações afectadas com o encerramento da Extensão de Saúde na freguesia de Alvito S. Pedro. Esta é mais uma das prepotências do actual ministério da saúde que em nome de um economicismo destravado liquida o SNS. A Comissão Concelhia do BE Barcelos apoia e participará em todas as iniciativas que as populações entendem por bem levar a cabo. Esta desgovernada decisão, para além de expressar um total falta de respeito por uma população maioritariamente idosa, de baixos recursos económicos e sem rede de transportes públicos, configura uma habilidosa manobra de desviar utentes para uma USF recentemente criada. Neste sentido o Grupo Parlamentar do BE na AR, por intermédio do deputado João Semedo, interroga o Ministro da Saúde sobre as razões deste encerramento.

Pergunta colocada ao Ministro.

Por último, Zacarias Leiras, representante do Bloco de Esquerda na Assembleia de Freguesia de Alvito S. Pedro, deu conta das acções de protesto que a população já levou a efeito e anunciou outras medidas que serão tomadas, tais como uma marcha lenta até à sede do Concelho a realizar, provavelmente, na 5ª feira.

 

Barcelos, 3 de Julho de 2012

A Comissão Concelhia de Barcelos do Bloco de Esquerda