Share |

José Ilídio Torres assumirá lugar de deputado Municipal

José Figueiredo,José Ilídio Torres e José Maria Cardoso.

A Comissão Concelhia do BE Barcelos, promoveu, no passado dia 31, uma conferencia de imprensa para fazer a apresentação do novo deputado municipal e das propostas de inclusão no próximo Orçamento Municipal

O deputado municipal que hoje representará o BE na reunião extraordinária de AM é José Ilídio Torres, 47 anos, professor do ensino básico, escritor com vários livros publicados,treinador de futebol de formação e dirigente associativo. Na sua apresentação, José Ilídio Torres, referiu que é com orgulho e responsabilidade que encara este desafio de representar o BE na AM de Barcelos. Apesar de continuar a ser independente e cultivar o espírito de cidadania e de entrega ás causas em que acredita, também referiu que se identifica muito com a perspetiva de intervenção politica protagonizada pelo BE. Quanto à Ordem de Trabalhos desta reunião referiu que está maioritariamente de acordo com a proposta de novo regimento da AM dado tratar-se de um documento que mantém o principio da igualdade de oportunidades com uma equitativa distribuição dos tempos de intervenção, marca que muito caracteriza a AM de Barcelos e que o BE sempre defendeu. Por outro lado, agiliza processos de funcionamento que poderão contribuir para uma maior rentabilidade de intervenções sobre os pontos em análise. Por fim disse que tudo fará para prestigiar o cargo de deputado e naturalmente o partido que o elegeu, e tentará sempre contribuir para uma discussão prepositiva e profícua em nome do interesse coletivo dos barcelenses.

Propostas para o próximo Orçamento Municipal

De seguida os dirigentes concelhios, José Maria Cardoso e José Figueiredo, apresentaram os pontos fundamentais das propostas do BE enviadas ao executivo camarário para inclusão no próximo Orçamento Municipal e Plano de Atividades sendo que a preocupação central está focada no seguinte: um Orçamento Social capaz de atenuar os problemas económico sociais de muitas famílias carenciadas no concelho; um Orçamento Participativo com aplicação de práticas de inclusão dos cidadãos nas decisões autárquicas trazendo as pessoas ao encontro da politica local; Orçamento Prospetivo que partindo de realidades atuais, pesrpetive o futuro com apostas consubstanciadas num desenvolvimento sustentado que potencie e valorize o concelho e as pessoas.

AnexoTamanho
Propostas Orçamento Municipal 2015107.84 KB