Share |

AM aprova Moção do BE sobre Linha de Muito Alta Tensão

Imagem de Município de Barcelos

A Assembleia Municipal de Barcelos, reunida no dia 30 de setembro, aprovou a moção apresentada pelo Bloco de Esquerda, rejeitanto o traçado de passagem do canal de linha de muito alta tensão no concelho, tanto a opção do troço 2A quanto a do troço 2B, apresentado pela REN para discussão pública.

A AM de Barcelos decidiu também aprovar a criação de uma Comissão, da qual farão parte um representante de cada um dos partidos/movimentos com assento parlamentar nesta AM; cinco presidentes de junta de freguesia a nomear pelo universo de presidentes de junta desta AM; o Presidente da AM; um representante da Câmara Municipal. Esta comissão assumirá, no imediato, todas as movimentações políticas e apresentará, na próxima reunião de AM, um plano de estratégia e acção. 

Esta moção surge no seguimento da pretensão da REN em fazer passar pelo concelho de Barcelos uma linha de Muito Alta Tensão, esventrando a nossa paisagem, atentando contra a saúde das pessoas, o património edificado e cultural, o turismo; a consumar-se, representará um duro golpe sobre o direito dos munícipes em decidirem aquilo que querem para a sua terra, de forma livre e democrática. É a saúde pública, a qualidade de vida, a propriedade e a economia local que estão ameaçadas.

Apesar da AM, a seu tempo, ter mandatado o Senhor Presidente da Câmara, Miguel Costa Gomes, para encetar diligências com as entidades envolvidas - empresa (REN), Agência Portuguesa do Ambiente, Governo - no sentido de serem acautelados os interesses das populações, o Bloco de Esquerda entende que passado todo este tempo, a situação não se alterou, antes pelo contrário, evoluiu em sentido contrário ao do interesse público, e foi perdido tempo precioso na construção de uma resistência pacífica, mas comprometida ao avançar do processo.

Por isso, o Bloco de Esquerda considera que é chegada a altura de inverter o rumo e os protagonistas. Ninguém é mais avalizado que a Assembleia Municipal, enquanto órgão representativo dos cidadãos, para agregar sensibilidades e conferir uma dimensão institucional a esta legitima contestação dos barcelenses.

 

Em anexo segue moção apresentada pelo BE na Assembleia Municipal de Barcelos da passada sexta-feira, que foi aprovada por maioria. 16 abstenções, 15 votos contra  e 68 a favor. 

AnexoTamanho
Moção_BE_Linha_Alta_Tensão1 MB